focalizadores

Focalizadores

Encontre os focalizadores da sua região, estado ou cidade e boas danças!

Maria Lúcia F. Rocha
porto nacional/TO

Focalizadora de Danças Circulares Sagradas - DCS, atriz-bailarina, artista plástica, coreógrafa e arte-educadora licenciada em Artes-Teatro pela Universidade Federal do Tocantins- UFT, Pós-graduanda em MBA de Liderança e Formação de Gestores – UFT. Iniciou-se na carreira artística em 1977 por meio da ginástica olímpica de solo ao participar como aluna/ginasta do Grupo de Ginástica da Profa. Maria Luzia Alencar Costa, mesmo grupo em que também se iniciou nos estudos de dança folclórica, dança afro-jazz e dança moderna. Em 1981 criou o Grupo Andanças – primeiro grupo de dança-teatro e folclore de Porto Nacional formado para espetáculos cênicos no norte de Goiás, hoje Estado de Tocantins. Em 1996 conheceu a dança grega da bailarina, coreógrafa e pesquisadora de dança, a profa. Cristina Bonetti, por meio da participação em cursos de extensão oferecidos pela ESEFEGO – Escola Superior de Educação Física do Estado de Goiás em que a profª. Cristina Bonetti atua como titular de disciplinas de metodologia e práticas de ensino da dança na educação para turmas do curso de Licenciatura em Educação Física. O que resultou em formação de parcerias entre Maria Lúcia e Cristina Bonetti com o desenvolvimento de oficinas de dança circular com fusão da dança afro-indígena do Tocantins para diversos grupos de trabalho sociocultural em seminários, igrejas, feiras culturais e em comunidades de Pirenópolis - GO. No final de 1996 a artista Lúcia Rocha iniciou oficinas como focalizadora de danças circulares no Estado de Tocantins, onde sempre trabalhou com metodologias do ensino e prática da dança-teatro desde 1981. Após o conhecimento adquirido com a profa. Cristina Bonetti Lúcia Rocha assimilou que já praticava a dança circular na proposta afro-indígena, mas não tinha conhecimento da dança circular sagrada na proposta de pesquisa de Bonetti e da proposta de formação em DCS pela TRIOM Editora e Centro de Estudos em São Paulo-SP. Com Cristina Bonetti a artista Lúcia Rocha teve a oportunidade de participar de vivências e oficinas de danças grega – fundamento da dança circular sagrada, e montagem cênica de espetáculo na ESEFEGO/Goiânia-GO, juntamente com os alunos acadêmicos de Educação Física, e em 1998 foi apresentado espetáculo de dança do grupo na abertura do primeiro festival de cinema FICA em Goiás Velho-GO e no festival nacional de folclore de Blumenau - SC. Neste intercâmbio forma trocados os conhecimentos e práticas da dança circular por dança-teatro afro-indígena, o que proporcionou a Lúcia Rocha a continuidade dos estudos didático das DCS. O que promoveu a criação de banco de estudo da história da dança e o desempenho de metodologia de ensino com a fusão de culturas e povos. Em 2005 Lúcia Rocha participou de cursos e oficinas de DCS no IV Encontro Brasileiro de Danças Circulares Sagradas em Embu das Artes - SP, e ao participar das danças decodificou sua expressão artística como sendo uma busca autoral de uma técnica própria para o ensino de dança circular e delineou como sendo uma pesquisa de danças folclóricas com músicas brasileiras, tal qual o trabalho da focalizadora Cristina Menezes, com quem participou de oficina de dança circular no EBDSC – Cristina Menezes utiliza de elementos coreográficos da dança clássica na concepção da Dança Circular Sagrada. O que leva Lúcia Rocha a comparar suas propostas de criação e práticas da dança circular com o uso de músicas do folclore goiano e tocantinense na concepção dos passos e sequências em círculos inspirados na estética clássica e afro-indígena, com trilha de musicas folclóricas de compositores regionais, brasileiros como Milton Nascimento e universais. O que inspira a criação de danças em círculos a partir do estudo das danças indígenas do Brasil e estudos de símbolos e significado da festa do Império do Divino, o giro das folias e a dança da suça no sertão do Estado do Tocantins. Atualmente Lúcia Rocha desenvolve projetos de cursos e oficinas de danças circulares em eventos culturais das universidades, centros culturais, escolas públicas e privadas e em eventos de formação e capacitação da Pastoral da Criança (CNBB) e formação de professores de Artes para a Educação Básica. Na criação e montagem cênica de espetáculos de dança-teatro Lúcia Rocha utiliza da dança circular como fundamento para o desenvolvimento de metodologias de arte-educação por meio da dança dos povos desde a Grécia Antiga.
focalizadores   Conheça mais focalizadores desta cidade